Negócios Sustentáveis

Agências de classificação de rating reforçam análise de riscos socioambientais

Importantes agências de classificação de risco, ou agências de rating, acabam de anunciar uma iniciativa conjunta com investidores mundiais visando a integrar mais sistematicamente as questões socioambientais e de governança em suas análises de risco de crédito. Essa iniciativa ocorre no âmbito do The Principles for Responsible Investment – PRI (Princípios para o Investimento Responsável) da United Nations Environment Programme – Finance Initiative – UNEP-FI (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente – Iniciativa Financeira). São participantes dessa iniciativa as agências de classificação de risco Standard&Poor’s, Moodys, Dagong, Scope, RAM Ratings e Liberum Ratings, conjuntamente com 100 investidores de renda fixa globais responsáveis pela gestão de ativos avaliados em US$ 16 trilhões.


A referida iniciativa foi concretizada por meio do documento ‘Statement on ESG - Environmental, Social and Governance - in Credit Ratings’ (Declaração sobre Fatores Ambientais, Sociais e de Governança nas Notas de Crédito), cujo objetivo é mobilizar investidores e agências de classificação de crédito em um fórum global para discutir as relações entre os fatores ESG e a solvência das empresas. Por meio da referida Declaração as agências de rating reconhecem a necessidade de os investidores do mercado de capitais global obterem maior transparência a respeito de como elas identificam os fatores de ESG na avaliação da qualidade de crédito das empresas emissoras de títulos de dívida.

De fato, há um crescente interesse dos investidores do mercado de capitais de dívida na quantificação dos fatores ESG que podem afetar a capacidade das empresas que acessam esse mercado de pagar suas obrigações de dívida. E agora, com a participação das agências de classificação de risco de crédito, está se fechando a lacuna de informação para aprofundar a análise sistemática desses fatores em âmbito global.


Nenhum comentário:

Postar um comentário